segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Carta entre cunhadas (I)


Uma grande amizade na longa ausência se prova.
(Luiz Vaz de Camões)



Incio hoje uma série de cartas que formarão 35 posts...



Coelho da Rocha, 15 de fevereiro de 1961

Bondosa cunhada
Salve Maria!
É com satisfação que lhe envio mais essas linhas, desejando a maior tranquilidade possível.
Estamos bem, felizmente.
Mamãe já foi para casa da Rosinha passar essa semana e no próximo Domingo irá para casa.
As aulas já começaram, as meninas estão contentes na escola nova (Instituto Vitória) que fica uns dez minutos de casa.
Como vê, começou a luta para mim. Vou  levá-las e vou buscá-las. Nessa escola, há aulas de Religião às Segundas, Quartas e Sextas feiras. Hinos e Orações.
As professoras são delicadas como você.
Como estão as moças?
E D. Magnólia, está na cozinha, não é? Fazendo biscoitinhos de coco para o Sr. Antônio.
Dê lembranças a todos os primos e tios que eu tive oportunidade de conhecer.
Recomendações especiais aos seus pais e manos.
Para você, um abração dessa que jamais a esquecerá.
Nilcéia


P.S As cartas que doravante postarei, durante 35 dias consecutivos, são redigidas por pessoas que só estudaram o antigo primário... Pasmem!!!

No final, darei o destino de todos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua amizade aqui.

Leia também...

Related Posts with Thumbnails