terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Especial de Natal (V)





Calendário do Advento *5*

Sagrada Família

Um vale muito frio
Uma viagem muito penosa
Afinal, uma estalagem
Depois, casa solitária
Tratamento grosseiro e áspero
José buscava lugar cômodo
Maria necessitava sentar e descansar
Feliz, piedosa, paciente, humilde e esperançosa era.
José, triste, abatido, lacrimoso
Último refúgio, gruta, caverna
Água no odre
Fogo aceso
Divino menino nasce
Tira maldição do mundo
Abre-se o Céu
Novo Éden na Terra
Reina a humildade
Manjedoura como berço
Pobreza humana
Luz sobrenatural ronda-lhes
Anjos celestiais, mensageiros
Prostrados diante deles
Santos pais cantam louvores, 
Doce canto
Emanuel
Deus conosco
Criança pobre
Pastores presentes
Grande esplendor
Presépio vivo, 
Grande felicidade
Doçura...
(Roselia Bezerra)

 
Uma iniciativa da Sissi:

5 comentários:

  1. Este é o Presépio Vivo em nossas vidas. Belo poema, Rosélia.

    ResponderExcluir
  2. Encantada e emocionada com teu lindo poema Rosélia
    Uma escrita soberba amiga
    Um dia iluminado e feliz
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. QUE LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO CLAP CLAP CLAP CLAP
    Boa tarde amiga. teu Vagão já está brilhando :-)
    http://folhas-da-ilha.blogspot.com.br/2015/10/trem-da-alegria-natalina.html
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Rosélia querida,

    Tenho muito carinho e respeito pela Sagrada Família e até já preparei um post a respeito, mas ainda não o publiquei.
    Pessoas humildes, porém cheias de amor e sabedoria.
    O seu poema ficou lindo! Meus parabéns!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  5. Vim te agradecer o carinho e dizer que fiquei feliz em saber que teu filho já está operado e sem o problema!Agora é só recuperar!" Boa sorte! Fiquem bvem e relaxa agora! bjs, chica

    ResponderExcluir

Deixe sua amizade aqui.

Leia também...

Related Posts with Thumbnails