sexta-feira, 29 de abril de 2016

Cena Motivadora

Desafio RS nº 25


Dedos batem muito ao de leve num vidro, com pouca convicção ou receio. 
Repetem este gesto, mas a janela só se abrirá quando quem bateu já tiver 
desaparecido dali. O texto pode ser metafórico.


Por vezes, demoramos tanto a abrir a porta do coração que, pela delicadeza de quem bate, com elegância sutil, o tempo para a abertura ainda se torna sempre mais lento de acordo com a nossa vontade própria e caprichosa...
Resultado: quem bateu tão docemente, mesmo não se cansando de nos chamar, fica uma vida toda a esperar e nada da nossa parte...
Ainda bem que o Clemente fica uma vida, se preciso for, a nos chamar delicadamente...

3 comentários:

  1. Aplaudindo daqui! Ficou maravilhosa! bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Boa trade Rosélia,
    Excelente seu texto. Muito inspirado.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Rosélia!
    Nunca tinha pensado nisso, amiga.
    Bom finde!

    Bjks

    ResponderExcluir

Deixe sua amizade aqui.

Leia também...

Related Posts with Thumbnails