quinta-feira, 20 de julho de 2017

RX - Minhas Saudades




1-    Saudades de um brinquedo:

(Minha segunda e última boneca pois meus presentes de estimação foram meus livros)
-pena eu não estar em casa (pois estou viajando) e não ter a foto mais linda que acho de mim na infância com uma pequenina boneca ao colo com tanta ternura e com meu jipe rosa que meu padrinho me deu onde entrava para dirigir toda prosa e feliz-

Minhas poucas bonecas que tive...


2-    Saudades de um local:

Trago flores para vocês de lá...



De morar em Petrópolis, local de serra lindo onde sofri bastante por estar doente e sozinha (filhos no RJ estudando) com minha pequena boneca de 5 aninhos)... Havia frio no clima e na alma... Local onde tenho um Mosteiro para ir e vir e que sou muito bem recebida... Mas amo o lugar com características europeias ao meu alcance e cenários arrebatadores... Ainda bem que a cada mês vou por lá...

3-    Saudades de uma fase da vida:



"Quando se torna contente
Ao despontar da existência
Nos folguedos da inocência,
A alma que desabrocha
Alegre, cândida e pura-

Nessa contínua ventura
E tudo um hino: - Esperança
(Casimiro de Abreu)

Dos laçarotes de menina...
Das bonecas...
Do brincar de casinha...
Do treinar em ser "pofessoia"


Senhor, obrigada pelos momentos de doçura e felicidade que vivi enquanto menininha... ficaram impregnados em meu coração...

 'A vida é uma criança que é preciso embalar até que adormeça.' 

Obrigada, Senhor, por ter quem me embale no meu adormecer de todo dia...



http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/



http://toninhobira.blogspot.com.br/


P.S. Tenho saudade também dos filhos pequenos onde me dedicava em tempo integral e procurava dar tudo de mim em todos os sentidos... Meus aluninhos de uma escola rural onde era adoçada diariamente e colocava as meninas ao colo na hora de corrigir os cadernos, colocar estrelinhas e meus parabéns escritos (fazia feliz a eles e eles a  mim)... uma turma de alunos especiais de lugar rural onde dei jeito neles segundo a direção (rs) e numa, também a de outro bairro, Acho que de nada mais... O presente me atrai e vivo na alegria do dia dia... como o transbordar do coração que sinto quando o beija flor pousa na janela ou escuto o canto do bem te vi pelas manhãs... Há flores imaginárias em mim, em minhas saudades! Adormecem minhas saudades no cotidiano de tempos que não têm volta e despertam minhas saudades sentidas à flor da pele dos tempos novos e floridos que haverão de vir...

Minha saudade carregada de esperança no presente lindo que vivo em forma de melodia nesta manhã que se inicia:

5 comentários:

  1. Rosélia, a vida é feita de tantos momentos bons que depois ficam no cantinho das saudades e pra lá vamos de vez em quando... Linda participação.Gostei muito! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. São tantas lembranças, não é? torna-se difícil até escolher entre elas as que são mais significativas.
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  3. As saudades fazem parte da nossa vida, mas o melhor tempo é o presente sem dúvidas.
    Grande beijo e fique na paz.

    ResponderExcluir
  4. As lembranças ficam na memória e no coração. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Muito linda participação com estas ilustrações e reviver momentos unicos da vida, que fizeram histórias Rosélia. Ficamos com as boas assim como quem vai colher verduras frescas numa horta.Grato sempre pela sua dedicação e carinho com a BC. Petrópolis é tudo de bom mesmo e que bom que por lá vai sempre.
    Um bom fim de noite em companhia dos anjos guardiões e que tudo de bom lhe aconteça.
    Bjs de paz e luz amiga.

    ResponderExcluir

Deixe sua amizade aqui.

Leia também...

Related Posts with Thumbnails