segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Reforçando o Novo Prosseguir


Eis o mote para  texto que escrevi!
"Esperaram pelo sono para se mudarem para o dia seguinte".

Tem épocas na vida do ser humano onde só se deseja dormir, descansar e recuperar energias para prosseguir o próximo rumo.
Já passei por isso muitas vezes e sei que uma boa noite bem dormida ou até mesmo um relaxar num determinado momento do cotidiano desperta mais ânimo e generosidade...
Particularmente, procuro, de tempos em tempos, mudar o foco de determinadas situações e viver com mais qualidade de vida...
Vale a pena, me revigoro corporal e mentalmente!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Bialogando






Li-o, pausadamente, num abençoado lugar de paz inteiror...

Recortei essa frase bem marcante para mim:

A oportunidade anda de mãos dadas com a gratidão...

 Fazer justiça com suas próprias mãos... devolver ao outro a dor que sentiu... e de preferência que doa mais ... pagar na mesma moeda é um meio de multiplicar a dor...

Antídoto contra vingança : PERDÃO, Silêncio, Tempo...

Um livro que foi formado a partir do blog e teve uma ligação bem surpreendente... só lendo para saber o fio da meada muito inteligente e a dinâmica que a autora usou...
Falando da amiga autora, ela me ajudou a publicar meu segundo livro e agradeço muito pela generosiade dela...









segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Gratidão aos Ingratos

(Padrão do Descobrimento - Portugal)

Sou uma pessoa como este monumento belíssimo, sempre em restauração do coração partido...

Desafio Escritiva nº 16

Ano novo, vida nova! Ou se calhar, nem por isso... 
Quantas das promessas que fez há um ano cumpriu de verdade? 
Quantas se ficaram apenas pela lista? 
Pois é, é precisamente isso que eu quero propor como desafio: 

Escrever sobre tudo o que ficou por cumprir do ano passado. 

http://77palavras.blogspot.com.br/2017/01/gratidao-aos-ingratos.html

Ano passado, de uma forma toda especial, prometi não procurar mais a quem não se importava comigo. 

Cadê que cumpri? 

Fica difícil, pois amar a quem se ama é fácil e deixar de amar a quem se ama é outro desafio grande. 

Daí que caí de novo e procuro, de alguma forma, a quem não me faz tanto caso. 

Haja coração! 

Deus não gosta de moleza, tenho visto. 

Lança-me, em grandes proporções, a estar com ingratos.


Deus cuide de todos os não gratos que já conheci tanto no virtual com no real...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Caçadores da Colheita


Um livro bom do início ao fim... surpreendente... só lendo-o para saborear melhor...



Assim, sentada num quarto silencioso, o li, pausadamente... um  livro espetacular!

Recortei frases que me pareceram interessantes para o desenvolvimento do enredo:

É incrível como as pessoas se sentem atraídas por acidentes...

Certos tipos de crimes não são femininos. Precisam de força física que as mulheres não têm.

Algo me diz que  vem chumbo grosso por aí.

Uma mulher traída é capaz de qualquer coisa, é capaz de tudo quando está com ciúmes.

Qual é a característica do assassino? Todas as pessoas têm a capacidade de matar.

Existem criminosos de todas as classes sociais.

Já vi grandes assassinos por trás de mocinhas frágeis...

Às vezes aquela velhinha simpática de nossa rua é uma exímia matadora...

Os criminosos também podem ser charmosos...

Quando se paga com a mesma moeda, nos igualamos aos nossos inimigos...


Nada como alguma doçura para tirar o amago dessa vida...

O açúcar aumenta o nível de serontonina no cérebro- Deve ser por isso que ninguém por aqui parece triste...


Nada como a natureza para colocar nossa mente em equilíbrio e poder fugir um pouco da correria. A ideia de passar as férias em frente ao mar me atraiu mais do que a festa em si...

Tem coisas que a gente não finge ser, não finge sentir. Tem coisas que queremos que alguém descubra...

Mimo de submissão dá a impressão de parar no tempo.

Às vezes, as evidências não se encaixam numa lógica...

Nem sempre faço o que minha intuição manda...

Às vezes, tenho intuições que extrapolam a lógica...

Às vezes, um sentimento maior me envolve...


Depois de tanto sofrimento à distância, lições aprendidas, tantas lágrimas derramadas e tanta solidão, finalmente estavam juntos e assim permaneceriam para sempre como as histórias de contos de fada...






Nada como alguma doçura para tirar o amargo da vida.


"Nada como a natureza para colocar nossa mente em equilíbrio e poder fugir um pouco da correria ".





segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

#52semanasdegratidão 2


















Tenho guardado meus mimos natalinos
Com grande carinho,
Escaneei tudo e posso postar
Para nunca esquecer-me, se a memória falhar...
Alegria!
(Poemeto de Roselia Bezerra)



"Cada um é criado e amado como se fosse o único, eis uma lei fundamental da vida! Cada um é ele mesmo, possui sua identidade, completamente pessoal, sua própria missão e direcionamento. A diferenciação, a singularidade dos seres humanos é um princípio essencial. Pois fundamenta nossa relação com Deus, bem como nossa identidade, nosso futuro. É o ponto de partida, nossa âncora, nosso consolo, a boa nova, a nossa segurança essencial.

Cada um de nós é acolhido por Deus como o bem amado; é chamado seu filho, conhecido pelo nome, gravado sobre a palma de suas mãos. Cada um é precioso a seus olhos, sem exceção. Esse amor é dado por inteiro, sem comparação, nem  mérito, nem preferência. Quaisquer que sejam nossa condição, nosso passado, nossa forma de enfermidade ou de morte. O amor está lá, à nossa espera, sem ruptura, sem interrupção nem abandono. Acolhendo nossas fragilidades, nossa vulnerabilidade, nossas dores, nossas quedas, com ternura. 

Podemos abrir a esse amor a totalidade de nossa história, sem receio de julgamento, de rejeição, de condenação, somos encontrados, contemplados, escutados, no âmago de nosso desânimo, como um dos inúmeros enfermos que Jesus cura em meio, à multidão.

Choremos, repousemos a nossa cabeça sobre o coração do Pai, mesmo se estamos sujos e em pedaços, humilhados e envergonados, fracassados, confusos ou esgotados.

O Pai vigia à espera de nosso retorno, corre ao nosso encontro, toma-nos nos braços num longo abraço, e celebra uma festa pois é grande a festa, mesmo por um único filho que volte. Permitir o encontro, deixar-se tocar, restaurar por esse amor é o primeiro passo, a primeira descoberta fundamental."

(SIMONE PACOT, A EVANGELIZAÇÃO DAS PROFUNDEZAS)

Esse texto foi um dos primeiros que postei no meu primeiro blog... escolhi-o, hoje, a dedo novamente...

http://www.idade-espiritual.com.br/2009/08/eu-sou-unico.html

Por que?
Porque cada amigo virtual é para mim, ÚNICO... ímpar... incomparável... 
Fico sem palavras para descrevê-los e para agradecer todo bem que me fizeram nestes 8 anos blogando (7 nesse hospedeiro e outro no spaces live)...
Incrível como me ergueram a autoestima e me deram um banho de amor fraterno.. me tornei até escritora amadora (porque amo escrever)... como recebi incentivo para publicar meus livros que já estão em 3... dois oficialmente em 2016. Outro prontinho para o primeiro trimestre deste ano...
Por falar em livros, vou ofertar um livro nesta semana para um dos participantes... A amiga Elaine já o recebeu e, portanto, não participará do mimo... aliás, quem já o tiver, darei a chance aos demais, está bem?

Eis os lançamentos em 2016:
http://espiritual-amizade.blogspot.com.br/2016/06/encontro-de-blogueiras-no-rj.html

http://espiritual-amizade.blogspot.com.br/2016/12/encontro-de-blogueiras-no-rj.html

Não é segredo para ninguém que me segue já que amo divulgar os amigos virtuais... tudo que eles são para mim, tenho inúmeras postagens concernentes a esse tema...
Tenho até um blog específico para isso ainda que use todos meus espçaos para fazê-lo sempre pois sem eles nada seria em termos de blog:

Portanto, começo a primeira semana de gratidão com esse post sobre os mimos que recebi no fim do ano pelo Natal. Estava de férias no ES e, hoje, enchi minha mesa e tirei as fotos acima... Só hoje estou participando por esse motivo e assim que explico a quem deseja participar que acontece a postagem no fim de cada semana...
Nesse momento, chove lá fora e meus olhos ficam emocionados... 'falo' aqui do que os amigos virtuais representam para mim e Deus, lá fora, fala das bênçãos divinas que recaem sobre todos nós de alguma forma...


Para todos os que passarem por aqui...

A vocês, queridos amigos virtuais,
Essas flores cheias de paz
Do meu carinho...
Recebam o meu ombro amigo
Se assim  estiverem precisando...
Aproveito para terminar as atividades de fim de ano
Pedindo perdão...
Se a alguém magoei...
Sem vontade própria, naturalmente...
Mas é tempo de PAZ...
De RECONCILIAÇÃO...

O perdão nos liberta...
Alivia o coração da gente...
Recebam o meu também...
Nada nos prenda
A não ser o amor a JESUS...
Doo o meu coração, cheio de carinho, 
Aos que por aqui passarem...

Amar os amigos é preciso
Sinto meus amigos
Muito mais próximos a mim
Do que meus próprios familiares...
(Poema de Roselia Bezerra)

Gratidão imensa, amigos virtuais e gratidão eterna, meu Deus e Senhor, por  TUDO e por TODOS!

O que mais me satisfez, além de falar de um tema que tem tudo a ver comigo (quem me lê sabe que é verdade) é o retorno aos blogs de inúmeros amigos que tinham se desmotivado... Sejam todos bem vindos ao mundo dos blog novamente!
Aliás, no fim do ano, fiz minha emoções 2016 e coloquei já isso, nunca me desmotivei mas fico imensamente feliz com o retorno de muitos...


Também falei sobre o que penso dos amigos blogueiros na doce arte de blogar, aqui:

Elaine, você fez um mimo lindo ao escrever-me um e-mail maravilhoso que só fortaleceu a concepção que tinha da sua pessoa... nunca me esquecerei de todo bem que já me fez na blogosfera, viu? Já se passaram 6 anos e foi marcante na minha vida de blogueira quando fez de tudo para recuperar meu blog... juntamente com a imprescindível participação da por demais entendida de blog também, Meri Pellens... 

Rosélia, boa tarde
Tudo bem?
Recebi hoje seu presente de Natal.
Muito obrigada!
Sentei, logo após o almoço, e li tudo de uma vez.
Fiquei encantada, me apaixonei pela Ir. Maria Eugênia.
Vou te contar uma coincidência: o bispo da minha infância, que me crismou e que sempre foi "o bispo" para mim foi D. Diógenes, aquele seminarista que coube à ela por sorteio para ser seu afilhado de oração.
Ele faleceu recentemente, já Bispo Emérito da diocese de Franca, bem idoso. Teve um infarto fulminante.
Foi uma tristeza pois como eu disse, sempre que se falava Bispo de Franca, pra mim e para todos da minha geração, era dele que se falava.
Eu o conheci de perto, jantamos juntos algumas vezes, tanto aqui quanto em Franca, quando eu era catequista. Numa das turmas de crisma eu fui a comentarista de Missa, e ele sempre foi muito gentil, um bispo muito querido.
As orações de Ir. Maria Eugênia deram frutos também com ele...

Muito obrigada pelo carinho do livro, pelo presente inesperado.
Tenha um feliz Natal e um Ano Novo repelto de paz!
beijosssss, muito obrigada de novo.

Foi um dos meus mimos natalinos, obrigada, uma vez mais, querida Elaine...
Presentes não são só materiais... mas são, sobretudo, afeição aos amigos de forma reta e a tenho aos amigos virtuais/reais... graças a Deus!

P.S. Desculpem-me o 'post linguiça' como muitos o chamam... mas cada participação  vem com inspirações mil e quem sabe, no próximo fim de semana, sai bem menor para os que não gostam de ler post maior...




Leia também...

Related Posts with Thumbnails